Mergulhador escapa após ser engolido por uma baleia gigante - Informe Notícias

Mergulhador escapa após ser engolido por uma baleia gigante

Rainer Schimpf registrava a passagem de tubarões na África do Sul, quando acabou na boca de uma baleia, por engano.

Mergulhador escapa após ser engolido por uma baleia gigante (Imagem: Reprodução/Twitter)
Mergulhador escapa após ser engolido por uma baleia gigante (Imagem: Reprodução/Twitter)

O mergulhador Rainer Schimpf, de 51 anos, há vinte anos realiza mergulhos turísticos no litoral de Port Elizabeth, na África do Sul, mas o que o experiente profissional não esperava é que há alguns dias atrás, passaria alguns segundos dentro da boca de uma enorme baleia.

Rainer Schimpf (Imagem: Reproduçã/Sky News)
Rainer Schimpf (Imagem: Reproduçã/Sky News)
Essa espécie de baleia Bryde, que acidentalmente deu um enorme susto em Rainer, pode pesar até 30 toneladas, mas se alimenta apenas de peixes e de krill, que são animais invertebrados parecidos com camarões. Baleias não se alimentam de humanos, e o que ocorreu não foi um ataque por parte desse animal, mas sim um engano.

De acordo com a mergulhadora Claudia Weber-Gebert, quando as baleias abrem suas bocas, elas não enxergam o que está a sua frente, e é muito provável que a baleia confundiou o mergulhador com um golfinho. Rainer desabafou aliviado em entrevista à 7News Sydney: "Se fosse um tubarão, eu teria sido partido em dois", disse.

Rainer detalhou que estava gravando golfinhos, tubarões, pinguins e aves que estavam se alimentando de um grande cardume de sardinhas, quando foi surpreendido por uma enorme baleia que surgiu engolindo tudo a sua frente, inclusive Rainer.

Por sorte, o mergulhador conseguiu escapar da boca do animal, após a baleia submergir e relaxar a pressão, momento em que Rainer escorregou para fora da boca da baleia e conseguiu escapar.

Segundo a mergulhador, "Senti pressão ao redor da minha cintura, e soube imediatamente o que estava acontecendo", acrescentou.

"Foi apenas uma questão de segundos antes que a baleia percebesse seu erro e abrisse a boca para me cuspir", concluiu.

A esposa de Rainer, Silke, junto com outro fotógrafo conseguiram documentar o momento exato dessa cena dramática, confira:



Logo após o ocorrido, o mergulhador se certificou se seus equipamentos de mergulho não haviam sofrido nenhuma avaria e se não tinha sofrido nenhum ferimento, como algum osso quebrado. Como nada ocorreu de errado, fora o susto, Rainer não hesitou em voltar ao mar e continuar seu trabalho.

Via: Extra / Yahoo