Empréstimo pessoal para negativado: Ótimas opções e dicas

Empréstimo pessoal para negativado (Imagem: Reprodução/Hoje é dia de Quê)

Quando a pessoa fica negativada na “praça” o seu CPF entra para o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e/ou Serasa. Dessa forma fica muito restrito conseguir um empréstimo pessoal. A diferença entre esses dois órgãos de proteção ao crédito é que o SPC é responsável por processar débitos vindos em sua maioria de comércios, enquanto a Serasa dívidas em bancos, porém quando a pessoa é negativada em uma delas, essa informação costuma ir para o banco de dados da outra empresa também.


Existem instituições financeiras legalizadas que possibilitam e  facilitam o empréstimo para aqueles que estão negativados. O que é algo bem interessante, porém muito caro também, sendo que essas instituições financeiras têm um risco muito mais alto de inadimplência ao liberar um empréstimo para pessoas comprovadamente devedoras, e os juros também são bem maiores. É nesse momento que os inadimplentes vão aos extremos e procuram por soluções arriscadas. Abaixo segue duas delas:

1 - Negociar com agiota

O agiota é sempre o primeiro a ser cogitado em uma situação de empréstimo de urgência, porém o agiota geralmente promete muito dinheiro e pouca necessidade de comprovantes e garantias, além de juros menores que instituições financeiras legais. Mas ao preço do seu  constrangimento e cobranças de taxas extras que podem surgir de repente. Então se puder fuja do agiota a qualquer custo.

2 - Instituições financeiras com promessas duvidosas

Se a instituição financeira propõe prazos muito bons a juros muito baixos, caia fora porque a uma enorme chance de ser golpe! Procure sempre por instituições financeiras já reconhecidas no mercado, pois muitas instituições não poderão cumprir com um planejamento financeiro eficaz para quitar sua dívida já existente.


Existem empresas especializadas em empréstimos pessoais para negativados com credibilidade para que você possa saber quanto vai pagar por mês e em quantas parcelas, tendo inclusive a possibilidade de incluir bens como garantia, como veículos e imóveis para reduzir os juros mensais a serem contratados.

Mas o melhor empréstimo, é claro, é aquele sem juros. Então se puder obter o empréstimo com familiares, esqueça o orgulho e procure algum familiar que tenha condições de ajuda-lo, mesmo não sendo o total da dívida o que conseguir sem juros ajuda muito. Porém antes faça seu planejamento para conseguir pagar tanto a dívida como seu familiar para que não haja mal estar na família por causa de dívidas.

Confira as 10 empresas que trabalham com empréstimos pessoais para negativados. Faça as simulações de graça AQUI!