Cabeça da cobra sem o corpo morde e quase mata um homem - Informe Notícias

Cabeça da cobra sem o corpo morde e quase mata um homem

Cabeça da cobra Cascavel decapitada (Imagem: Reprodução/Internet)

Parece coisa de filme de Hollywood, mas um homem na cidade de Corpus Christi localizada no Estado do Texas, na região Sul dos Estados Unidos, foi picado pela cabeça de uma cobra que estava separada do restante do corpo da serpente.


No último dia 27 de maio, o homem de 26 anos de idade estava com sua esposa Jennifer Sutcliffe no jardim de sua própria residência quando ele avistou uma cobra cascavel de cerca de 1,25 metros e rapidamente a decapitou com uma pá, segundo relatou sua esposa ao KIII-TV, uma rede de notícias local.

No momento em que o homem se desfazia do restante do corpo do animal, a cobra avançou e mordeu a mão dele, o que segundo os especialistas em serpentes, não é um caso isolado, pois esse tipo de animal pode ter reflexos desse tipo por várias horas após sua morte, mesmo no caso de decapitação.

De acordo com Jennifer, logo após a mordida, seu esposo já começou a ter muitas convulsões ininterruptas, além de perda de visão e início de sangramento interno. Ela acionou o socorro imediatamente, que o conduziu para o hospital mais próximo que poderia lhe aplicar o antídoto CroFab, que é o medicamento administrado no caso de mordida de cobra cascavel.

Os médicos chegaram a informar para Jennifer, ainda nas primeiras horas após ser medicado, que mesmo com as várias doses aplicadas do antídoto, o homem ainda assim poderia não suportar e chegara óbito.

Passada quase uma semana do ocorrido o homem encontra-se bem de saúde, porém a sua função renal ficou prejudicada e bastante enfraquecida.

Uma pessoa sem problemas de saúde ao ser mordida por uma cobra cascavel, normalmente é medicada com 2 doses de antídoto, mas no caso do esposo de Jennifer, ele recebeu 26 doses.

Michael Halpert, que é cirurgião, afirmou que uma pessoa chegar a óbito por causa de mordidas de cobras hoje em dia pode até acontecer, mas seria um evento muito único e raro.