Maluf é internado às pressas em estado crítico em Brasília - Informe Notícias

Maluf é internado às pressas em estado crítico em Brasília

Maluf é internado às pressas em estado crítico em Brasília (Foto: Reprodução/Dia Online)
Paulo Maluf de 86 anos de idade, que é deputado federal (PP-SP) e está atualmente afastado, cumprindo pena na penitenciária da Papuda em Brasília desde 22 de dezembro de 2017, por crime de lavagem de dinheiro, foi internado às pressas nesta quarta-feira (28) por volta das 11h30 da manhã no Hospital Ortopédico e Medicina Especializada (Home), também localizado em Brasília.

De acordo com o advogado de Maluf, Antônio Carlos de Almeida Castro, o parlamentar sentiu uma dor forte na lombar que irradiou para sua perna direita. O deputado passou por uma ressonância magnética e foi constatada uma compressão de nervos na coluna vertebral. Ainda segundo seu advogado, é provável que Maluf necessite ficar pelo menos três dias em observação.


Maluf está sendo medicado com analgésicos "potentes", opióides e anti-inflamatórios, e deverá realizar uma infiltração com corticoite na coluna ainda hoje, e por esse motivo que o deputado ainda não teve previsão de alta.

O deputado tem um pedido de habeas corpus que ainda está pendente aguardando o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e de acordo com o site "Agência Brasil", Maluf passou por uma crise de nervosismo aguda ao tomar conhecimento na noite desta última terça-feira (27), que o ministro Dias Toffoli, que é o relator responsável pelo julgamento do seu habeas corpus, não decidiria o seu caso ainda nesta semana, devido ao feriado da páscoa.

Os pedidos da defesa do parlamentar tem sido negados e o mais recente deles, julgado no início deste mês pelo ministro Jorge Mussi do STF, que não aceitou o argumento da defesa sobre a urgência do parlamentar cumprir o restante da sua pena em regime domiciliar, devido sua idade e problemas de saúde.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública de Brasília, Maluf deverá permanecer no hospital por no mínimo 24 horas, para que sejam realizados todos os exames necessários.

Fonte: Informe Notícias