Técnico da Espanha é demitido há dois dias do início da Copa

Demitido o técnico da seleção espanhola, Julen Lopetegui (Imagem: Reprodução/Internet)

O técnico da seleção espanhola, Julen Lopetegui, que até ontem iria dirigir o time da Espanha na Copa do Mundo da Rússia que terá sua estreia na próxima sexta-feira (15), foi demitido hoje (13) pelo presidente da Federação Espanhola de Futebol, Luís Rubiales, que não admitiu o anúncio oficial do ex-técnico Lopetegui afirmando que após o término da Copa, irá dirigir o time do Real Madrid, sendo que o acertado recentemente seria uma renovação com a seleção espanhola.

Rubiales esclareceu que o motivo da demissão foi que o treinador negociou o novo contrato com o time do Real Madrid sem conhecimento da federação espanhola, o que em sua visão foi intolerável. O presidente informou ainda que existe um jeito correto para esses tipos de procedimentos e que precisam ser respeitados.

O que chamou a atenção sobre a decisão de Rubiales foi que a demissão foi decidida a apenas dois dias da estreia dos espanhóis na Copa do Mundo da Rússia, que acontecerá na próxima sexta-feira (15). Os espanhóis enfrentarão a seleção de Portugal às 15hs (Horário de Brasília), no Fisht Stadium, localizado na cidade de Sochi.

A delegação espanhola teria agendado um pronunciamento oficial sobre o assunto para às 10h30 (horário local), mas foi adiado pelo presidente Rubiales que precisou se reunir com  os jogadores para tranquiliza-los e também para informar precisamente a saída formal de Lopetegui da Seleção Espanhola.

Rubiales definiu para o comando técnico da seleção espanhola para competir a Copa do Mundo da Rússia 2018, o ex-zagueiro Fernando Hierro, que até então era diretor da federação.



Fonte: Veja